Sociedade

Igreja Mundial anuncia projectos sociais

Nilza Massango |

O governador em exercício da província de Luanda, José Cerqueira, recebeu ontem, em audiência, o líder da Igreja Mundial do Reino de Deus, o apóstolo Valdemiro Santiago, que falou do interesse da igreja em realizar projectos sociais com o Governo, em benefício das pessoas.

Líder da Igreja Mundial Valdemiro Santiago
Fotografia: Nuno Flash | Edições Novembro

À saída da audiência no Governo da Província de Luanda (GPL), Valdemiro Santiago, ao justificar a criação da igreja para cuidar das pessoas, quer espiritual e socialmente, disse aos jornalistas que a sua igreja está à disposição do Governo, entidade que indica as áreas que precisam de ser atendidas e as urgências das pessoas necessitadas. “No meu país (Brasil), nós defendemos que a igreja deve ser um braço do Governo, de maneira que as pessoas possam ser beneficiadas, sempre com a orientação do próprio Governo. Quem está no poder cuida das pessoas”, referiu o líder religioso, que disse que a Igreja Mundial do Reino de Deus em Angola ainda aguarda para ser legalizada oficialmente.
“Temos sido bem recebidos em Angola e surpreende o carinho das autoridades e do povo, isto porque o Governo olha com bons olhos a obra de Deus na igreja, que também está voltada para o povo. Mas se a igreja trouxer malefícios, o Governo seria o primeiro a acabar com ela”, disse. Valdemiro Santiago crê que em breve a Igreja Mundial do Reino de Deus em Angola seja legalizada e assim dar continuidade ao trabalho que é cuidar das pessoas.

Tempo

Multimédia