Sociedade

Incêndio destruiu depósito de fármacos

Fernando Neto|

Um incêndio de pequenas proporções destruiu parcialmente, na terça-feira, o depósito de medicamentos do Hospital Municipal do Tomboco, a 210 quilómetros da cidade de Mbanza Kongo, confirmou ao Jornal de Angola a directora em exercício da unidade hospitalar.

Fotografia: Ediç

Lídia Makunda Benza disse que o incêndio deflagrou por volta das 21 horas de terça-feira, presumivelmente por curto-circuito num dos aparelhos de ar condicionado, e resultou na queima de elevadas quantidades de fármacos por contabilizar, nomeadamente, soros diversos, água destilada e anti-palúdicos.

Os acompanhantes dos pacientes internados no Hospital Municipal foram os primeiros que se aperceberam do sucedido e alertaram as enfermeiras, explicou a responsável, aludindo que o incêndio não se expandiu para outras áreas, graças a pronta intervenção dos mesmos.
Com recurso a baldes com água e areia, conseguiram extinguir o fogo, disse Lídia Benza, explicando que os jovens acompanhantes dos doentes internados ao se aperceberem do fogo, arrombaram a porta do depósito de medicamentos e estancaram a progressão do incêndio que graças à sua pronta intervenção não houve outros danos.
O levantamento da quantidade e tipos de fármacos destruídos está em curso, no sentido de se remeter um novo plano de necessidades à Administração Municipal do Tomboco para a sua reposição, porque este posto atende outras quinze unidades sanitárias espalhadas pelo município, disse Lídia Benza.

Tempo

Multimédia