Sociedade

Lançado satélite angolano para apoiar universidades

Edivaldo Cristóvão

A comemoração da Semana Mundial do Espaço foi marcada, em Luanda, com o lançamento, por parte do Ministério das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, de um pequeno satélite de 33 milímetros, denominado Cansat, que tem como missão captar imagens e pesquisas, destinadas a instituições de ensino.

Imagem dos satélites em miniaturas, denominado CANSAT, concebidos por angolanos
Fotografia: João Gomes | Edições Novembro

O secretário de Estado para as Telecomunicações, Mário Oliveira, explicou que o Cansat Angolano é um satélite real em miniatura, que oferece uma oportunidade única para os estudantes efectuarem experiências práticas com os projectores espaciais reais.
Mário Oliveira  disse que com o Cansat Angolano será possível vivenciar muitos aspectos de missão espacial real, como seleccionar a missão, projectar, integrar os componentes, programar o computador de bordo, testar, preparar o lançamento e analisar os dados de telemetria.
O lançamento do Cansat Angolano teve lugar quarta-feira, no Instituto de Telecomunicações de Luanda (Itel), promovido pelo Ministério das Telecomunicações e Tecnologias de Informação por meio do Gabinete de Gestão do Programa Espacial Nacional (GGPEN), que contou com a participação de técnicos nacionais, em colaboração com especialistas de 30 universidades do país.
A construção do Cansat Angolano teve parceria com mais de 30 instituições universitárias do país, como resultado de todo um trabalho académico nesta área espacial, desenvolvido integralmente por técnicos angolanos afectos ao Gabinete de Gestão do Programa Espacial Nacional, “o que muito nos orgulha”, disse o secretário de Estado das Telecomunicações.
Mário Oliveira considera que a ciência espacial tem proporcionado ao homem contribuições significativas desde as telecomunicações e seus serviços associados, passando pela agricultura, saúde, estudo do clima, prevenção e combate aos desastres ambientais.
Para o dirigente, a Semana Mundial do Espaço é uma iniciativa que visa o envolvimento de toda a sociedade, no geral, e a classe académica, em particular, com vista ao desenvolvimento harmonioso do país, contribuindo para o bem-estar de todos.
Durante a Semana Mundial do Espaço, foi realizado um conjunto de actividades em escolas primárias, secundárias e universidades, com a realização de palestras para estimular o interesse pela educação espacial entre alunos dos mais variados níveis de ensino.
O secretário de Estado das Telecomunicações disse que com a contribuição de todos,  será possível estimular a juventude no ensino e pesquisa científica, quer na ciência espacial, quer em outros ramos da ciência, tornando-se num grande contributo para o desenvolvimento.

Tempo

Multimédia