Sociedade

Luanda tem 220 novos autocarros

Pereira Dinis

Mais 220 autocarros de transporte público vão entrar em circulação em Dezembro, na província de Luanda, informou, ontem, em Viana, o director provincial dos Transportes, Tráfego e Mobilidade Urbana.

Os novos meios serão adquiridos pelos operadores do ramo dos transportes colectivos por via de concurso público
Fotografia: M. Machangongo | Edições Novembro

Amadeu Campos, que falava à imprensa depois da entrega de 220 autocarros pelo ministro dos Transportes, Ricardo de Abreu, ao governador da província de Luanda, Sérgio Luther Rescova, informou que os meios vão ser adquiridos pelas operadoras do ramo por via de um concurso público.

“O concurso está aberto a todas as operadoras”, acentuou Amadeu Campos, reiterando o que já havia sido informado à imprensa pelo ministro dos Transportes, Ricardo de Abreu, e pelo governador Sérgio Luther Rescova, no decurso da cerimónia de entrega dos novos meios, realizada na base da TCUL no Distrito Urbano do Zango, município de Viana.
O ministro dos Transportes afirmou que os 220 autocarros vão permitir uma maior mobilidade dos usuários dos transportes públicos e acentuou que, embora a província de Luanda ainda não esteja bem servida, os novos meios vão atenuar algumas dificuldades.
O governador da província de Luanda sublinhou que os autocarros, por serem um bem público, devem ser preservados, daí ter pedido aos cidadãos que utilizem os meios com urbanidade.
Todos os 220 autocarros entregues ontem ao Governo Provincial de Luanda são da marca Volkswagen e dispõem de sistema de bilhética electrónica e de monitorização e gestão de frota.
Do lote de autocarros, todos fabricados em 2018 e com sistema de climatização, constam 21 que dispõem de elevador para acesso de pessoas com mobilidade reduzida.
A província de Luanda tem, actualmente, 109 rotas, algumas das quais com um gritante défice de autocarros, por algumas operadoras terem meios fora de serviço por avaria ou por falta de peças de reposição.

Tempo

Multimédia