Sociedade

Malanje: Grupo de marginais foi desmantelado pelo SIC

Venâncio Victor | Malanje

O Serviço de Investigação Criminal (SIC), em Malanje, deteve, na semana finda, 13 indivíduos, supostamente envolvidos em vários crimes.

Serviço de Investigação Criminal aperta o cerco aos marginais
Fotografia: DR

O porta-voz do SIC, superintendente Lindo Ngola, disse que os referidos cidadãos, já constituídos arguidos e que aguardam pelo pronunciamento do Ministério Público, são acusados de homicídios voluntários, furtos, violações sexuais e posse de arma de fogo.

Segundo o superintendente Lindo Ngola, os detidos têm idades compreendidas entre 18 e 35 anos. Dos crimes cometidos, o oficial superior destacou o de homicídio voluntário, ocorrido no bairro da Vila Matilde, sete casos de furtos, no bairro da Catepa, bem como uma violação sexual, em que foi vítima uma cidadã de 30 anos, na zona da Quizanga.

O porta-voz do Serviço de Investigação Criminal (SIC) destacou também a detenção de quatro cidadãos nacionais, acusados do crime de posse de arma de fogo e que se dedicavam a várias práticas criminosas na cidade de Malanje.

Lindo Ngola enalteceu a colaboração da população, que tornou possível a detenção dos supostos marginais. A par das detenções, disse Lindo Ngola, procedeu-se igualmente à apreensão de telemóveis e uma arma de fogo do tipo AKM.

Tempo

Multimédia