Sociedade

Medicina Legal perde o seu primeiro médico

Adão Manuel Sebastião, o primeiro médico legista angolano, morreu, terça-feira, em Luanda, vítima de doença.

Fotografia: Angop

Doutorado em Medicina Legal, Adão Manuel Sebastião era ainda mestre em Criminologia e em Ginecologia Forense, além de ter sido regente da Cadeira de Medicina Legal nos cursos de Medicina, Direito e Ciências Criminais. Adão Manuel Sebastião era membro da Banca Examinadora da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra para os cursos de mestrado e doutoramento em Medicina Legal.
Até à data da sua morte, Adão Manuel Sebastião desempenhou o cargo de director nacional de Medicina Legal do Laboratório de Criminalística, uma estrutura tutelada pelo Ministério do Interior.

Tempo

Multimédia