Sociedade

Ministro inaugura o troço entre Alto Dondo e Cacuso

Manuel Fontoura | Ndalatando

A circulação rodoviária na Estrada Nacional (EN) nº 322, que liga o Alto Dondo a Cacuso (Malanje), voltou ontem à normalidade, com a inauguração do troço São Pedro da Quilemba/Alto-Dondo, na província do Cuanza-Norte, pelo ministro da Construção e Obras Públicas, Manuel Tavares de Almeida, e pelo governador provincial, Adriano Mendes de Carvalho.

Tráfego rodoviário regista melhorias em alguns troços
Fotografia: Domingos Mucuta | Edições Novembro

A reabilitação do troço esteve a cargo da empresa chinesa Sinohydro e custou 35,3 milhões de dólares. A empreitada gerou 228 postos de trabalho, dos quais 180 ocupados por nacionais. O troço compreende 48 quilómetros de extensão e nove de largura, incluindo as bermas de um metro para cada lado. Foram igualmente construídas 47 passagens hidráulicas.
Após a inauguração do troço, enquadrado no programa de reabilitação de infra-estruturas rodoviárias para a melhoria do tráfego automóvel no país, o ministro da Construção e Obras Públicas reconheceu a qualidade da obra, atribuindo o mérito a todos os que estiveram envolvidos nela.
Segundo Manuel Tavares de Almeida, a aposta do Ministério que dirige reside na qualidade, para garantir aos cidadãos mobilidade sem sobressaltos. Afirmou que aquele departamento ministerial vai continuar a apostar na melhoria das estradas.
O ministro anunciou, para breve, os trabalhos de reabilitação das vias que ligam as localidades do Alto-Dondo Ndalatando/Lucala, além de outra que liga o Cuanza-Norte a Caxito, de modo a permitir entre as duas províncias um nível de desenvolvimento mais acelerado do ponto de vista agrícola.
De acordo com o ministro, a província do Cuanza-Norte é uma área de passagem para importantes pontos de desenvolvimento económico do país na zona leste que tem merecido uma atenção especial do sector que dirige.
Neste momento, disse, o Ministério da Construção e Obras Públicas está a terminar o projecto de alargamento da estrada Malanje/Saurimo para concluir a ligação da EN 230. “Vamos iniciar, em breve, a reparação da via Maria Teresa/Ndalatando e, futuramente, teremos de reparar também a estrada Alto-Dondo/Ndalatando”, anunciou Manuel Tavares de Almeida, informando que, neste momento, estão em execução as obras para a construção da estrada Samba-Caju/Bolongongo.
O governador do Cuanza-Norte agradeceu ao Ministério da Construção e Obras Públicas pela inauguração de mais um troço importante na província, solicitando, no entanto, celeridade na conclusão da obra entre Maria Teresa e o Dondo e o início da reabilitação entre o Dondo e Ndalatando. Segundo Adriano Mendes de Carvalho, estes troços fazem muita falta aos automobilistas e à população em geral.
O troço ontem inaugurado, disse, é importante, por estar numa zona potencialmente agrícola e que, daqui para frente, facilitará em grande medida a vida dos agricultores da região, podendo transportar os produtos do campo para a cidade e vice-versa.

Tempo

Multimédia