Sociedade

Morte de professor catedrático enluta universidade

António Capitão e Nicodemos Paulo | Uíge

Morreu na manhã de terça-feira, na cidade do Uíge, de forma súbita, o Professor Catedrático, Dissengomoka Sebastião Alexandre. O infortúnio  foi anunciado pela clínica Servimed, minutos depois de dar entrada, devido a fortes complicações digestivas, segundo relato da esposa.

Catarina Pinto contou que Dissengomoka Alexandre chegou segunda-feira a casa, à noite, saído do ISCED onde leccionou em algumas turmas e depois de jantar dormiu. Momentos depois, a esposa encontrou o professor em dificuldades, gesticulando, dizendo que sentia cãibra nos membros superiores.
Depois deixou de falar, disse a esposa que afirma ter notado que o malogrado expulsava algumas secreções, o que a levou a pedir ajuda aos vizinhos.
Uma vizinha mediu-lhe a tensão arterial e efectuou os primeiros socorros. Os vómitos continuaram, até por volta das cinco horas da manhã, altura que a família decidiu levá-lo à clínica, onde os médicos de serviço declararam a sua morte, minutos depois de dar entrada, sem mesmo ser assistido.
Dissengomoka Sebastião Alexandre desempenhava as funções de coordenador do centro de investigação científica e pós graduação do ISCED-Uíge, docente de cadeiras de Psicologia do primeiro ao quarto ano e regente do curso de Psicologia.

Tempo

Multimédia