Sociedade

Muandumba defende mais acções coordenadas

Edna Dala

Num encontro, em Luanda, sob i lema “Prevenção, protecção e promoção”, o ministro da Assistência e Reinserção Social defendeu que o país  vive um momento oportuno e ímpar para criar e promover iniciativas e estratégias de desenvolvimento assentes em intervenções concertadas.

Ministro falou de empreendedorismo social num encontro com membros da sociedade civil
Fotografia: João Gomes | Edições Novembro

Gonçalves Muandumba sublinhou que o Executivo está empenhado na economia social  e nas suas estratégias de emprendedorismo social, porque se revelam um motor importante no desenvolvimento social e económico dos países.
O ministro sublinhou que em Luanda e em todas as capitais do mundo e nos grandes centros urbanos tudo se verifica com mais intensidade, pois a procura por melhores condições de vida é grande e potenciadora de novas problemáticas sociais.
Durante o encontro, em que estiveram presentes várias entidades do Governo, sociedade civil, autoridades tradicionais e ONG, o ministro defendeu a promoção das actividades de educação social para a mudança de comportamento e atitudes perante o risco social.
O ministro apontou a promoção contínua das acções de formação e o enquadramento profissional dos técnicos como medidas que estimulam a sua valorização e motivação indispensáveis à melhoria da qualidade do trabalho que desenvolvem.

Cadastro social

Gonçalves Muandumba apontou os programas de prevenção, protecção e promoção cujos mecanismos  intervenção desenvolvem as competências das pessoas, de forma a tornarem-se protagonistas do seu próprio processo de desenvolvimento e das comunidades onde vivem. A nova abordagem, disse, prevê o registo, a sistematização e a gestão da informação indispensável  à tomada de decisão.

Tempo

Multimédia