Sociedade

Mulheres sem-abrigo de Nova Iorque ensinam a língua inglesa a estrangeiros

Cada aula de inglês que as professoras do Soulphia dão é a aula da vida delas. A afirmação é do brasileiro Tiago Noel de Souza, 31 anos, fundador da empresa que há quase um ano propôs uma nova experiência para mulheres sem-abrigo de Nova Iorque, Estados Unidos da América (EUA).

Ao lado de Felipe Marinho, 40 anos, Tiago Noel de Souza decidiu criar uma escola para ensinar Inglês. Só que, em vez de professoras tradicionais, o quadro de funcionários foi preenchido pela parcela da população nova-iorquina que mais chama a atenção dos turistas: as moradoras de rua.
A cidade mais cosmopolita dos EUA tinha em Maio quase 62 mil habitantes inscritos no sistema de abrigos municipal. Estima-se ainda que quatro mil pessoas durmam todas as noites nas ruas nova-iorquinas.

 

 

 

Tempo

Multimédia