Sociedade

Municípios pedem presença de mais efectivos da Polícia

Matias da Costa | Bié

Os administradores dos municípios da província do Bié revelaram, na cidade do Cuito, que estão insatisfeitos com o reduzido número de agentes da Polícia Nacional, distribuídos pelas suas áreas de jurisdição.

 

Fotografia: Domingos Cadência|Edicões Novembro

A insatisfação foi comunicada segunda-feira pelos responsáveis num encontro mantido com o delegado em exercício do Ministério do Interior, subcomissário, Filomeno Araújo.
Os administradores asseguraram ao subcomissário Filomeno Araújo que há um número reduzido de agentes atribuídos a cada município, facto que pode comprometer a protecção da população e do património público. A administradora municipal de Nharea, Maria Chicapa, disse esperar que o comando provincial do Bié da Polícia Nacional faça uma redefinição da distribuição dos efectivos.
Maria Chicapa mencionou o fraco policiamento de proximidade nas localidades, um défice que cria, no seu entender, a falsa ideia de falta de sentimento de segurança nas comunidades da provincia.
O delegado em exercício do Ministério do Interior reconheceu ser ainda insuficiente o número de efectivos que ingressaram na corporação e disse que o crescimento demográfico na província tem “embaraçado” a actuação policial.

 

Tempo

Multimédia