Sociedade

OMS: Angola é um bom exemplo

Edivaldo Cristovão

País faz parte de um grupo de oito países que são exemplos na luta contra a pandemia da Covid-19, disse ontem, em Luanda, o representante interino da Organização Mundial da Saúde (OMS) em Angola.

Fotografia: DR

Durante a conferência de imprensa, Javier Aramburu afastou a possibilidade de as autoridades angolanas ocultarem dados sobre a Covid-19. Javier Aramburu disse que “Angola é um exemplo concreto” na luta contra a Covid-19, por isso, foi seleccionada, na semana passada, para transmitir a sua experiência em matéria de prevenção e combate à pandemia.

A ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, garantiu que a OMS tem acompanhado os trabalhos da Comissão Multissectorial e não há motivos para suspeitar da gestão dos dados da Covid-19 produzidos pelos técnicos angolanos. “A gestão de informação dos casos tem sido transparente. A Covid-19 não se esconde, porque depois tudo vem à superfície. Estamos comprometidos a informar com verdade em todos os momentos”, garantiu a ministra.

Sílvia Lutucuta disse ser necessário reforçar a vigilância epidemiológica e de laboratório, aumentar a capacidade de testagem e encontrar alternativas tecnológicas. A ministra esclareceu que a mesma relação é visível com o Fundo Global, estando no momento melhor do que nunca, apesar da auditoria feita recentemente, que serviu para avaliar os programas do Fundo Global implementados em Angola desde 2012.

A ministra disse que foi nesta auditoria em que foram detectadas lacunas desde 2012 até 2017, que tinham a ver com despesas não especificadas, relacionadas com actividades de um dos receptores do financiamento.

Tempo

Multimédia