Sociedade

Ordem garante estágio a finalistas do ISPTEC

Kilsia Ferreira

A Ordem dos Contabilistas e Peritos Contabilistas de Angola (OCPCA) vai garantir estágio a finalistas do curso de contabilidade do Instituto Superior Politécnico de Tecnologia e Ciências (ISPTEC), bem como o ingresso na instituição.

Instituição está comprometida em formar técnicos qualificados
Fotografia: Maria Augusta | Edições Novembro

A iniciativa resulta de um acordo de cooperação assinado ontem, em Luanda, entre a Ordem dos Contabilistas e Peritos Contabilistas de Angola e o Instituto Superior Politécnico de Tecnologia e Ciências.
O acordo  tem como objectivo a formação, qualificação e conhecimento de contabilidade e áreas afins, promoção profissional e de prática de contabilidade, actuação conjunta em estudos, desenvolvimento e cooperação para a promoção nacional e internacional do ensino de contabilidade.
O  director do Instituto Superior Politécnico de Tecnologia e Ciências  (ISPTEC), Euclides Luís, disse que a instituição que dirige está comprometida em formar profissionais qualificados e que estejam à altura dos desafios. Euclides Luís sublinhou  que perante um mundo cada vez mais globalizado, as instituições de ensino superior precisam de criar e de sustentar  colaborações que proporcionem suporte competitivo. O académico considerou que a assinatura do protocolo é muito importante  para sua instituição, na medida em que vai contribuir para uma melhor adequação das competências dos profissionais, de acordo as necessidades do mercado de trabalho.
Durante o encontro que teve lugar no Instituto Superior Politécnico de Tecnologia e Ciências, Fernandes Hermes, presidente do Conselho da Ordem dos Contabilistas e Peritos Contabilistas de Angola, salientou que a parceria entre as duas instituições é um privilégio e tem vantagens competitivas para a promoção e divulgação da área do conhecimento.
O presidente do Conselho da Ordem dos Contabilistas e Peritos Contabilistas de Angola garantiu ainda que a instituição que dirige vai fornecer, ao mercado angolano, académicos com competências em diversas áreas da contabilidade.

Tempo

Multimédia