Sociedade

Papa saúda angolanos

O Papa Francisco endereçou ontem a sua bênção apostólica a todos os angolanos, no final de um encontro, no Vaticano, de hora e meia, com os bispos da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST), que chegaram a 9 deste mês a Roma para a visita “Ad Limina Apostolorum”, que terminou ontem.

O Papa exortou os bispos da CEAST a uma “maior proximidade com os seus sacerdotes, ouvi-los, para que ninguém se sinta desanimado na sua missão”.
Durante o encontro com o Sumo Pontífice, foram abordados assuntos ligados ao I Congresso Nacional do Clero, a realizar-se de 15 a 19 de Agosto, o florescimento das vocações nas dioceses, assim como as enchentes nos seminários com candidatos ao sacerdócio e à vida consagrada. Foi também destacado o problema dos matrimónios nulos e a questão de casais separados. De acordo com o porta-voz da CEAST, D. Belmiro Chissengueti, o diálogo permanente com outras religiões e a criação de novas dioceses em regiões com territórios muito extensos também mereceu uma abordagem durante o encontro com o Papa Francisco.
Com o fim, ontem, da visita “Ad Limina”, os bispos da CEAST entram em retiro espiritual, de 18 a 22 deste mês, em Roma.
Durante os oito dias do encontro “Ad Limina”, que terminou ontem, os bispos da CEAST visitaram a Congregação do Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, a Congregação para a Evangelização dos Povos, a Congregação para a Doutrina da Fé, a Congregação para a Causa dos Santos e a Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica e, também, os Dicastérios para o Laicado, Família e Vida.

Tempo

Multimédia