Sociedade

Pescadores estão desaparecidos há duas semanas

Um grupo de seis pescadores que estavam a bordo de uma chata de pesca artesanal em Cabinda estão desaparecidos há duas semanas.

Fotografia: Paulino Damião | Edições Novembro

De acordo com Teresa Tati, esposa de um dos desaparecidos, o marido, de nome Mateus Bueia despediu-se da família no dia 30 do mês de Outubro quando partia com cinco colegas para a pesca no mar.“Geralmente”, disse a mulher, “fazem três a quatro dias, mas desta vez passadas duas semanas não há contacto, o que deixa a família preocupada”.O porta-voz do Comando Provincial da Polícia Nacional, superintendente-chefe José Feliciano da Mónica “Felé”, lamentou o facto de as famílias não terem dado a conhecer oportunamente às autoridades competentes a ocorrência. Garantiu que vão ser accionados os mecanismos que podem levar à  localização dos pescadores desaparecidos.

Tempo

Multimédia