Sociedade

Plantadas no Zango mil árvores do tipo acácia

Helma Reis

Cerca de mil árvores do tipo “acácia” foram plantadas ontem, num dos separadores centrais do Distrito Urbano do Zango, município de Viana, em Luanda, no âmbito da campanha mundial “Outubro Urbano”.

Fotografia: DR

Na actividade ambiental esteve presente a ministra do Ordenamento do Território e Habitação, Ana Paula de Carvalho, que, quando falava à imprensa, disse estar prevista a plantação de árvores noutras zonas da província de Luanda.

Ana Paula de Carvalho acentuou que o objectivo da plantação de árvores no Distrito Urbano do Zango é a reflorestação da área, por ter recebido vários projectos habitacionais.
A intenção, acrescentou, é contribuir para a diminuição dos efeitos do sol e melhorar a qualidade do ambiente e de vida da população.
O administrador do Distrito Urbano do Zango, Euclides da Costa, afirmou que a colocação de árvores na circunscrição representa o compromisso do Executivo na melhoria da qualidade de vida da população. Euclides da Costa lembrou que o Distrito Urbano do Zango realiza, quinzenalmente, uma campanha de plantação de árvores nas vias estruturantes, terciárias e secundárias, como medida mitigadora do aumento da temperatura. />O administrador do Distrito Urbano do Zango defendeu o reforço da consciência ambiental e desejou que cada morador seja amigo do ambiente, por via da plantação de árvores.
Ontem, na campanha de plantação de árvores, associaram-se os vice-governadores de algumas províncias que, em Luanda, participaram, na segunda-feira, no quarto conselho consultivo do Ministério do Ordenamento do Território e Habitação que decorreu sob o lema “Cidades sustentáveis: melhor vida para as futuras gerações”.
A campanha “Outubro Urbano” é uma iniciativa do Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-Habitat), com o objectivo de incentivar, promover e apoiar soluções inovadoras para a resolução de problemas inerentes às áreas urbanas.
A campanha chama a atenção para os desafios e promove a realização de debates para a melhoria da qualidade de vida nas cidades e a implementação dos objectivos de desenvolvimento sustentável e da Nova Agenda Urbana.

Tempo

Multimédia