Sociedade

Polícia Nacional aposta no combate aos crimes considerados violentos

Mavitidi Mulaza | Uíge

O novo comandante da Polícia Nacional na província do Uíge, subcomissário Monteiro dos Santos, promete mais acções que garantam a ordem e a segurança pública, através de prevenção e combate à criminalidade violenta, sinistralidade rodoviária e outros crimes que inquietam a população da região.

Vão ser reforçadas as acções para garantir a segurança pública
Fotografia: Eduardo Pedro | Edições Novembro

O subcomissário Monteiro dos Santos encorajou os efectivos dos diversos órgãos afectos ao Ministério do Interior na província do Uíge a pautarem por uma postura responsável e de trabalho, sobretudo nesta altura em que o país enfrenta a pandemia do Covid-19, tendo exortado dedicação e entrega nas acções que visam conter a propagação da doença no país.
“Espero contar com a contribuição da população, sobretudo na denúncia de casos que violam as normas de boa convivência social, bem como dos actos de corrupção que possam surgir em qualquer instituição”, realçou o subcomissário Monteiro dos Santos.
O secretário de Estado do Interior, José Mabokina Zau, que orientou quarta-feira a cerimónia de passagem de pastas, referiu que a movimentação de quadros e a nomeação do novo comandante provincial “surgem num contexto em que o país adoptou medidas sérias para travar o surto de coronavírus, COVID-19, e o papel do Ministério do Interior será fundamental na manutenção da ordem e tranquilidade pública”.
“Os órgãos do Ministério do Interior devem reforçar a segurança das fronteiras terrestres, marítimas, fluviais e aéreas, assim como os pontos de entrada e saída nas vias inter-provinciais”, disse o secretário de Estado do Interior.
O subcomissário Monteiro Matias Francisco dos Santos substitui o comissário António Simão Leitão Ribeiro, nomeado para exercer a função de comandante da Polícia Nacional e delegado do Interior na província do Cunene.

Tempo

Multimédia