Sociedade

Polícia recupera sete viaturas roubadas

André da Costa

Sete viaturas de várias marcas e modelos, que haviam sido roubadas por meliantes armados, foram recuperadas na sexta-feira, sábado e domingo, pelos efectivos do Comando Provincial de Luan-da da Polícia Nacional.

Fotografia: Edições Novembro

O inspector Euler Matari, oficial do Gabinete de Comunicação Institucional e Im-prensa do Comando Provincial de Luanda, informou que as viaturas foram recuperadas em vários municípios da capital, durante o trabalho de patrulhamento feito pela Polícia Nacional.
Das viaturas recuperadas constam as de marca Hyundai, modelo Tucson, cor cinza, Suzuki, modelo Auto, cor cinza, Nissan, modelo X Trail, cor castanha, Kia, modelo Picanto, de cores preta e vermelha, Toyota, modelo, Corolla e Fortuner, cores cinza e preta.
As viaturas segundo, Euler Matari, serão entregues ao Serviço de Investigação Criminal (SIC), no sentido de dar tratamento subsequente, visando notificar os cidadãos, cujas viaturas foram roubadas, a efectuarem o levantamento das mesmas.
Em relação à situação de Segurança Pública, o inspector disse que a corpora-ção deteve, em três dias, 154 cidadãos, por supostamente estarem envolvidos em crimes diversos, como ofensas corporais, roubo, furtos na via pública e em residências.
Do trabalho operativo realizado ao longo deste período, as forças da ordem retiraram das mãos dos marginais 14 armas de fogo do tipo pistola e AKM, assim como 20 granadas que se encontravam na residência de um cidadão, no Distrito Urbano do Sambizanga.
A Unidade de Trânsito do Comando Provincial de Luanda registou 14 acidentes de viação, que teve como consequência um morto e sete feridos, além de danos materiais avaliados em mais de dez milhões de kwanzas.
Aos automobilistas e motociclistas, foram aplicados 138 multas, assim como apreendeu-se 10 viaturas e 31 motorizadas, por diversas infracções ao Código de Estrada.
Segundo Euler Matari, o Serviço de Emergência Policial recebeu, durante este período, 241 solicitações de intervenção policial.

Tempo

Multimédia