Sociedade

Polícia intensifica patrulhamento

O Comando Provincial de Luanda da Polícia Nacional (PN) está a intensificar as acções de patrulhamento, de forma a reforçar o sentimento de segurança no seio da população, afirmou ontem o oficial de informação do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa, sub-inspector Euler Matari.

Agentes da Polícia durante a “Operação Relâmpago”
Fotografia: José Cola | Edições Novembro

Em declarações à Angop, quando fazia o balanço da situação operativa do fim-de-semana em Luanda, Euler Matari encorajou os cidadãos a denunciarem os actos criminais que tenham conhecimento.
O oficial de informação deu a conhecer que no fim-de-semana houve diminuição de mortes e acidentes de viação em relação a igual período da semana passada. No fim-de-semana, a Polícia registou seis mortos, menos cinco em relação ao anterior, em que foram notificados 11 óbitos.
Segundo Euler Matari, no fim-de-semana a Polícia registou 13 feridos, mais quatro em relação ao período anterior, em que foram registados nove feridos, em consequência de 13 acidentes de viação, que causaram danos materiais avaliados em mais de quatro milhões de kwanzas. No fim-de-semana anterior foram registados 22 acidentes de viação e prejuízos avaliados em mais de três milhões de kwanzas.
Informou que, por suspeita de cometerem crimes, foram detidos 160 pessoas, apreendidas seis viaturas, 16 armas de fogo, 92 gramas de liamba e utensílios  domésticos diversos. No período em referência, segundo o sub-inspector Matari, o serviço de emergência da Polícia Nacional  registou 373 solicitações para intervenção.
Com uma população de seis milhões de habitantes, fazem parte da província de Luanda os municípios de Luanda, Cazenga,  Cacuaco, Viana, Belas, Kilamba Kiaxi, Talatona, Icolo e Bengo e Quiçama.

Tempo

Multimédia