Sociedade

Prevenção rodoviária em creche de Luanda

André da costa

As crianças da creche "Cravinhos e Rosas", na Centralidade do Kilamba, em Luanda, receberam, há dias, aulas sobre prevenção rodoviária numa palestra sobre cuidados que se deve ter no ambiente rodoviário.

Fotografia: Edições Novembro

A palestra, dada por especialistas em prevenção rodoviária, insere-se num programa que visa levar a prevenção às escolas primárias, com o objectivo de manter informada a população infantil sobre as consequências dos acidentes de viação, que são a segunda causa de morte em Angola, depois da malária.
O chefe de secção de Prevenção Rodoviária da Unidade de Trânsito de Luanda, inspector-chefe Manuel Paulo, disse, ontem,  ao Jornal de Angola que a palestra transmitiu às  crianças noções básicas sobre acidente de viação e as formas de prevenção.
As crianças conheceram os sinais de trânsito, a forma correcta de travessia e de circular nos passeios. Manuel Paulo assegurou que as crianças ficaram satisfeitas por estarem agora melhor informadas sobre as formas de evitar acidentes nas estradas.
Manuel Paulo disse que os acidentes de viação são a primeira causa de traumatismos em Angola, um facto que está na origem da mobilidade reduzida de muitas pessoas no país.
O inspector-chefe declarou que o foco da actividade das unidades de trânsito não são apenas os motoristas, mas também os peões, aos quais também são levadas mensagens sobre prevenção rodoviária, sendo um dos tópicos a obrigatoriedade de travessia nas passadeiras e pedonais.
A imprudência de alguns peões tem estado na origem de acidentes de viação. Há dias, nove pessoas foram atropeladas por uma viatura, quando atravessavam a via numa área em que há duas  pedonais. O motorista está detido. O excesso de velocidade contribuiu para o atropelamento.     

Tempo

Multimédia