Sociedade

Professores merecem uma atenção especial

A ministra da Educação, Cândida Teixeira, pediu  uma atenção especial ao professor, por ser a entidade mais importante de qualquer país.

Educação vive situações desagradáveis que requerem uma solução urgente
Fotografia: Santos Pedro | Edições Novembro

A ministra, que falava ontem durante um encontro com o governador de Luanda, Adriano Mendes de Carvalho, e administradores distritais, afirmou que há situações menos boas entre os professores que enfermam a classe. Acrescentou que a partir dos responsáveis municipais devem ser tomadas algumas medidas para se mudar os aspectos que empobrecem e desvalorizam a classe, como o fenómeno da gasosa.
Segundo a ministra, normalmente as pessoas atingidas pelo fenómeno gasosa “são as mais desfavorecidas, as que menos têm.”  “Estamos a chegar ao fim de um ano lectivo e a preparar-nos para o início de outro, então, é necessário que cada um de nós tenha consciência da mudança que se deve operar, para se evitar este tipo de situações”, aconselhou. Cândida Teixeira pediu aos administradores e a todos os agentes de educação que prestem maior atenção ao sector.
A ministra recomendou a implementação das actividades extra-escolares, com destaque para o desporto escolar.  “É neste tipo de actividades onde despontam grandes talentos em várias modalidades. A nível dos municípios se deve encontrar locais onde as crianças possam praticar desporto”, referiu a ministra.

Tempo

Multimédia