Sociedade

Qualidade de vida deve ser reavaliada

A psicóloga Adalgisa David afirmou, quarta-feira, em Luanda, que a obesidade é “um problema do século XX, mas que as suas consequências alarmantes afectam o presente.”

Consequências da obesidade preocupam Adalgisa David
Fotografia: Domingos Cadência | Edições Novembro

A especialista em Psicologia alertou que “muitas pessoas se envenenam diariamente com hormonas, através dos alimentos que alteram a dinâmica do organismo humano.”
Na sua opinião, a obesidade não se trata apenas de um problema estético, sendo também um problema de saúde pública. “O excesso de peso está directamente ligado ao mau funcionamento do organismo”, acentuou a psicóloga.
Problemas hormonais, sedentarismo, maus hábitos alimentares e a manifestação de desequilíbrio psíquico são alguns dos factores que contribuem para o surgimento da doença.
Adalgisa David, que é também especialista em Medicina Chinesa, assegurou que contornar a obesidade é uma questão de consciência e de atitude e reconheceu que, às vezes, não é fácil mudar a alimentação, a fim de evitar o consumo de açúcar, gorduras e carboidratos que ainda comandam a mesa de muitas famílias.
A psicóloga recomendou às pessoas a deixarem o sedentarismo, a praticarem exercícios físicos e a beberem muita água. Adalgisa David acentuou que as pessoas devem reavaliar os princípios de qualidade de vida.

Tempo

Multimédia