Sociedade

Raio danifica várias instalações no Luena

Quebra parcial de tecto falso, vidros de janelas e portas de várias instituições públicas e residências particulares localizadas nos arredores da base logística das Forças Armadas Angolanas (FAA), é o resultado do incêndio ocorrido domingo último, no Luena, em consequência da queda de um raio.

Os resultados foram apresentados à imprensa pelo coordenador da comissão técnica criada para avaliar o impacto da ocorrência, vice-governador Carlos Alberto Masseca, esclarecendo que para além das residências que circundam a unidade militar, a deflagração afectou também estabelecimentos comerciais, a paróquia Nossa Senhora da Reconciliação e as instalações do aeroporto Comandante Dangereux. 

Tempo

Multimédia