Sociedade

Ravinas e lagoas em ruas causam vários transtornos

Augusto Panzo | Cacuaco e Manuel Barros/Cacuaco

As fortes chuvas que se têm abatido sobre Cacuaco, Luanda, além da destruição da ponte que liga os bairros Paraíso e Augusto Ngangula, estão a causar o surgimento de ravinas e lagoas em vias secundárias e terciárias.

Ravinas ameaçam “engolir” várias infra-estruturas de impacto social e a circulação rodoviária
Fotografia: Edições Novembro

No bairro Paraíso, um dos troços da rua principal, que liga a zona da ponte destruída, passando pelo antigo mercado do 1º de Maio, até ao término dos táxis, encontra-se intransitável, devido às ravinas causadas pela chuva. 

Situação igual regista-se no troço entre o bairro da Pedreira e o Paraíso, com passagem para a conhecida zona da subida do Papá Gordo, onde as águas da chuva provocaram buracos, que, se não forem intervencionados com a maior rapidez possível, vão obrigar muitos automobilistas a pararem de fazer o serviço de táxi naquele bairro ou sujeitarem-se aos estragos nos seus meios rolantes.
As ravinas não estão apenas no interior dos bairros, pois, mesmo na própria vila, a situação não difere muito. Junto da delegação do Jornal de Angola e de uma das agências bancárias, por exemplo, o automobilista que ousar utilizar aquele pequeno troço e tentar entrar para o Mercado Municipal de Cacuaco depara-se logo com vários constrangimentos, causados por uma ravina que está a surgir aos poucos e a fazer desaparecer o asfalto.

Lagoas
Na rua que liga a vila de Cacuaco, a partir da sua bifurcação com a Via Expressa Kifangondo/Luanda, até aos itinerários que nos levam aos bairros da Pedreira e do Paraíso, apesar de ter sido intervencionada no ano passado, as lagoas voltaram a fazer morada, por deficiência no sistema de escoamento das águas.
Há também constrangimentos na rua da Nhimifil, uma via que, devido à sua complexidade no declive, recebe quase todas as águas da chuva procedentes de grande parte do bairro da Boa Esperança Central, o que exige sempre a sucção das mesmas com motobombas.
Outro problema que parece mínimo, mas que aos poucos está a afectar com alguma seriedade a salubridade da Via Expressa no sentido Cacuaco/Benfica reside na falta de desassoreamento das valas de drenagem, o que está na base do surgimento de matagal ao longo da estrada Comandante Fidel de Castro Ruz, com maior realce para o troço situado nas proximidades de uma das instituições académicas de ensino superior até à zona da primeira pedonal do bairro Belo Monte.

Escolas públicas e privadas continuam a receber manuais

Pelo menos 41.935 manuais do ensino primário já foram distribuídos em várias escolas públicas e privadas do município de Cacuaco, de acordo com informação avançada ao Jornal de Angola pelo director municipal da Educação, Mateus Dala.
Segundo o responsável, está prevista a atribuição de 866.800 manuais escolares ao município, para dar cobertura a todas escolas da circunscrição e atender mais de 50 mil alunos do ensino primário. Adiantou que o processo de ensino é inclusivo, em que as crianças do ensino primário são o grande alvo, independentemente da instituição escolar que estejam a frequentar.
Por isso, disse, só teremos melhores resultados no aprendizado se as crianças tiverem acesso a esses materiais escolares, que são de distribuição gratuita. Sublinhou que os manuais escolares não devem ser vendidos, muito menos reproduzidos. Referiu que as direcções de escola foram orientados a entregar os ma-nuais escolares aos encarregados de educação, e esses, consequentemente, fazerem chegar aos seus educandos.
“Pedimos aos pais para orientarem os filhos a conservarem os livros, para que tenham mais tempo de vida e possam beneficiar mais alunos em idade escolar”, disse.
Com esta responsabilidade, disse Mateus Dala, pensamos aproximar mais os pais à escola e serem parceiros na educação dos filhos.
No final de cada ano lectivo, os alunos devem entregar os manuais à escola, que, por sua vez, atribuirá a outros alunos e assim criar um ciclo normal para ajudar no processo de ensino e aprendizagem.

Tempo

Multimédia