Sociedade

Registados três homicídios numa semana

Três pessoas morreram, duas das quais vítimas de espancamento e outra por queda, na província do Bié, durante os últimos sete dias, refere o Comando Provincial da Polícia Nacional no balanço semanal, a que o Jornal de Angola teve acesso.

SIC desdobrou-se em muitas tarefas na província do Bié
Fotografia: João Gomes | Edições Novembro

O primeiro homicídio vitimou um cidadão do sexo masculino, com identidade desconhecida. O malogrado trajava calça jeans, sem camisa e descalço. O facto ocorreu na via pública, no bairro Chissindo, cidade do Cuito.
De acordo com a nota do Comando Provincial da Polícia Nacional, as causas que estivaram na base do crime ainda são desconhecidas, mas o ofendido foi agredido fisicamente até à morte.
O outro homicídio, este por espancamento, vitimou um outro cidadão do sexo masculino, sem elementos de identificação, que vestia calça preta, sem camisa e descalço, ocorrido no bairro Cambabi, município do Chinguar, província do Bié, cujas causas estão por se determinar.
A nota da corporação assinala, que a terceira vítima, por homicídio voluntário, foi Daniel Chavovo, 24 anos, ocorrido no bairro Embala, município de Catabola.
O crime aconteceu quando o infeliz, por divergências com o autor, já detido de nome Evaristo Ngueve, 20 anos, empurrou-o da carroçaria de uma carrinha à qual seguiam viagem. Este caiu desamparado e embateu no solo, tendo morte imediata.
O Comando Provincial da Polícia Nacional no Bié registou 65 crimes de natureza diversa e deteve 54 pessoas, indiciadas como supostas autoras dos delitos em causa, apreendeu três motorizadas, duas botijas de gás butano de 12 quilos, 200 metros de cabos eléctricos, aparelhos electrónicos.
Foram ainda apreendidos pela Polícia Nacional, diversos artigos de uso doméstico, 70 gramas e 577 pequenos embrulhos de liamba. No processo de desarmamento da população civil procedeu à recolha de uma pistola do tipo Jericho com o respectivo carregador.
Mário de Carvalho | Cuito

Tempo

Multimédia