Sociedade

Registados vinte e oito mortes em estradas

Lourenço Bule | Menongue

Um total de 28 pessoas morreram e 350 ficaram feridas em consequência de 337 acidentes de viação, registados de Janeiro a primeira quinzena de Novembro do ano em curso, na província do Cuando Cubango, informou o domingo, em Menongue, o chefe de departamento de informação e análise da Direcção Provincial da Viação e Trânsito.

Fotografia: Edições Novembro

O inspector-chefe Fernando Quintas, que falava à imprensa em alusão ao Dia Mundial em Memória às Vítimas nas Estradas, disse que os 337 acidentes causaram danos materiais avaliados em mais de 44 milhões de kwanzas.
Fernando Quintas explicou que as causas dos sinistros estão ligados ao excesso de velocidade, inobservância das regras e sinais de trânsito, condução em estado de embriaguez e o mau estado técnico dos meios rolantes.
Fernando Quintas disse ser preocupante a natureza dos acidentes, visto que o maior número de sinistros foi produzido por motociclos, o que representa 70 por cento da sinistralidade rodoviária a nível da província do Cuando Cubango.
“A situação é preocupante, visto que o número de acidentes está a aumentar e se continuar podemos chegar ao fim do ano com uma cifra de sinistralidade nada abonatória”, disse.

Tempo

Multimédia