Sociedade

Representantes angolanos no concurso internacional

Carla Bumba

Os cinco estudantes angolanos que vão representar Angola na  24ª Edição do Concurso Internacional de Física, a decorrer em Março de 2019, em Israel, foram apresentados ontem, em Luanda, durante uma cerimónia que contou com a presença da ministra da Educação, Maria Cândida Teixeira e do embaixador de Israel, país que acolhe o evento.

Estudantes posam em foto da família com a ministra da Educação, Maria Cândida Teixeira
Fotografia: Maria Augusta | Edições Novembro

Provenientes das províncias do Cunene, Cabinda e Cuanza-Norte, os estudantes foram apurados durante um concurso nacional, que visou encontrar os concorrentes com melhores requisitos para estarem na competição internacional, onde Angola marcará presença pela quarta vez consecutiva.
Nas três últimas edições realizadas anualmente em Israel, no Instituto Davidson para a Educação de Ciências, a representação angolana obteve êxitos, segundo a ministra Maria Cândida Teixeira, razão pela qual augura “melhorar substancialmente o desempenho dos alunos angolanos no evento”.Com início no dia 15 de Outubro, participaram alunos de escolas do II Ciclo do Ensino Se-cundário de nove províncias do país.
Adriana Chiqueio, 16 anos, e Berninha Tulicileni, 16 anos, ambas da 11ª classe oriundas da província do Cunene, são as que tiveram a melhor pontuação a nível da competição, num certame em que participaram concorrentes da 12.ª classe.
O concurso a nível nacional consistiu em aplicar as leis da física, na qual os estudantes foram obrigados a aplicar a codificação de chaves para cofres, cujo rigor versou em dificultar, ao máximo, a sua abertura por estranhos.
Chamada a intervir no acto, a ministra da Educação recomendou aos professores uma atenção especial no ensino das ciências, com uma visão de aplicação prática para que os alunos desenvolvam hábitos de investigação científica e sejam promotores de conhecimento.
Maria Cândida Teixeira disse ser importante que os alunos saibam analisar, criar, esquematizar e argumentar as suas produções e que en-carem este desafio com grande sentido de responsabilidade e gosto por esta área do saber.

Tempo

Multimédia