Sociedade

Angola regista aumento de mulheres ao serviço da ciência

O percentual de mulheres que, em Angola, optaram pela formação no ramo da ciência passou de 17 por cento, em 2012, para 34 por cento, em 2014. As Ciências Naturais são a área de conhecimento científico com mais mulheres, com 10,7 por cento, contra 15,4 por cento de homens do total geral.

Fotografia: EDIÇÕES NOVEMBRO

Projectos como o cultivo de cogumelos, o reaproveitamento do lixo electrónico, um sistema integrado de gestão de armas, explosivos e munições, produção de biodiesel através do dendém, bem como a apresentação de um portal para o registo de pessoas com deficiência e denúncias para casos de descriminação marcaram a exibição de uma exposição de inovações cientificas de inventores provenientes de instituições públicas e privadas, como a Faculdade de Ciências de Universidade Agostinho Neto, do ISPTEC, o CNT e a ANEUD.

Tempo

Multimédia