Sociedade

Exame ocular detecta doença de Alzheimer

Um exame ocular não invasivo pode  detectar a doença de Alzheimer duas décadas antes de os primeiros sintomas começarem a surgir, sugere um novo estudo.

Criada nova técnica para detectar Alzheimer
Fotografia: Shutterstok | Agência

O exame foi criado por investigadores do Cedars-Sinai Medical Center, um hospital em Los Angeles, no estado norte-americano da Califórnia.
Já foi testado em 16 pacientes e mostrou ser tão preciso quanto a tomografia por emissão de positrõe, uma técnica de imagiologia que necessita que o paciente seja injectado com uma substância radioactiva.
No teste feito aos 16 indivíduos com doença de Alzheimer, estes tiveram de tomar uma bebida que inclui curcumina, um componente natural do açafrão. A curcumina faz com que a placa amilóide na retina “acenda” e seja detectada pelo exame aos olhos,  o mesmo que é feito pelos oftalmologistas para detectar problemas como glaucoma ou degeneração macular.
Os indivíduos envolvidos no teste ocular foram comparados a um grupo de pessoas mais jovens e cognitivamente saudáveis e os investigadores descobriram que os resultados que obtiveram no exame aos olhos eram tão precisos quanto os encontrados através de métodos invasivo padrão (análise do cérebro postumamente).

Tempo

Multimédia