Sociedade

Febre-amarela sem novos casos

A epidemia de febre-amarela está a diminuir e há seis semanas que não são confirmados novos casos no país, declarou sábado a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Fotografia: Jaimagem

A epidemia, que começou a 5 de Dezembro em Viana, arredores de Luanda, alastrou para a vizinha República Democrática do Congo (RDC), com 2.051 casos suspeitos e 95 vítimas mortais até 27 de Julho, decorrendo no terreno, com o apoio da OMS, várias campanhas de vacinação. Espera-se pela vacinação adicional de mais de 17 milhões de pessoas em Angola e RDC antes do início da época das chuvas na região, em Setembro.

Tempo

Multimédia