Sociedade

Médicos admitidos vão às zonas rurais

Os médicos admitidos recentemente no Sistema Nacional de Saúde devem realizar consultas ambulatórias nas zonas periféricas e rurais do município de Viana, disse ontem o administrador municipal.  

Profissionais assumiram compromisso público com as autoridades sanitárias
Fotografia: Maria Augusta | Edições Novembro

Jeremias Dumbo Tchilelevika, que falava durante um encontro com os 15 médicos recém-colocados no município de Viana, disse que será criado um sistema de trabalho para que os médicos não fiquem à espera dos doentes no hospital.
“A Administração vai criar condições para que pelo menos uma ou duas vezes por semana um médico se desloque às zonas distantes para tratar em consultas ambulatória os munícipes que não têm acesso ao hospital”, afirmou. Este sistema, acrescentou, vai ajudar, para além das consultas, a diagnosticar as doenças frequentes em certas áreas, indicando ainda sobre o que é necessário para a prevenção.
Em representação dos médicos, Osmar José Mário comprometeu-se a dar o seu melhor e recordou que os profissionais encontram-se distribuídos em várias unidades hospitalares do município, com o objectivo de contribuir para um melhor atendimento sanitário dos munícipes. O objectivo é diminuir o tempo de espera dos que  procuram o consultório médico, as mortes maternas e infantis e atender os mais desfavorecidos.

Tempo

Multimédia