Sociedade

Pessoas com deficiência decidem sair à rua para a defesa de direitos

Os repetidos actos de marginalização de que são alvo diariamente nos transportes colectivos de passageiros  - táxis e autocarros - vão levar estudantes universitários com deficiência a saírem, no próximo sábado, a  ruas de Luanda, para sensibilizar os operadores desses serviços.

O presidente da Associação Nacional de Estudantes Universitários com Deficiências (ANEUD), Micael Daniel, disse que a campanha, a decorrer no centro da cidade, principalmente nas paragens da Mutamba e zonas adjacentes, é resultado do incumprimento na aplicação dos direitos de acesso aos transportes colectivos de passageiros com deficiência, como prevê a Lei das Acessibilidades.

Tempo

Multimédia