Sociedade

Serviço da Edições Novembro elogiado por grupo de oficiais

Kílssia Ferreira

Uma delegação de 32 oficiais da Escola Superior de Guerra visitou ontem as instalações da Edições Novembro, em Luanda, onde foi informada do processo de produção dos diferentes títulos da empresa de comunicação social.  

Oficiais durante a visita
Fotografia: Santos Pedro | Edições Novembro

Os integrantes da delegação, na qual estavam um brigadeiro e oficiais superiores das Forças Armadas Angolanas (FAA) e da Polícia Nacional, são docentes do quarto curso de Organização do Asseguramento Moral e Psicológico da Escola Superior de Guerra e comandantes adjuntos para a área de Educação Patriótica.
A visita durou duas horas e meia, em cujo período a delegação recebeu  explicações sobre o funcionamento das áreas directamente liga-das à produção do Jornal de Angola, Jornal de Economia & Finanças, Jornal dos Desportos, Jornal Cultura, Metropolitano de Luanda, Ventos do Sul e Planalto. No final da visita, o coronel Félix Geraldo, director do curso de Organização do Asseguramento Moral e Psicológico, afirmou que a visita está inserida no programa curricular da Escola Superior  de Guerra, devido à necessidade de enriquecer os conhecimentos dos docentes sobre matérias ligadas à comunicação social. “O contacto directo é a melhor forma de enriquecimento dos conhe-
cimentos”, declarou o oficial, que considerou a visita uma “grande valia”, porque os docentes do curso estão envolvidos em programas radiofó-
nicos e na edição de revistas nas Forças Armadas  e na Polícia Nacional.
O coronel Félix Geraldo disse ter ficado impressionado com a tecnologia usada pela Edições Novembro e a qualidade dos recursos humanos, integrados maioritariamente por jovens.

Tempo

Multimédia