Sociedade

SIC detém o director do GEPE suspeito do crime de peculato

João Constantino | Cuito

O director do Gabinete de Estudos, Planeamento e Estatística do Governo do Bié, Juvenal da Silva Girão, foi detido, hoje, pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), na cidade do Cuito, acusado pela Procuradoria Geral da República (PGR) de crimes de peculato, falsas declarações, desvio de fundos públicos, associação criminosa e corrupção.

Serviço de Investigação Criminal aperta o cerco aos criminosos
Fotografia: DR

Uma fonte da PGR adiantou que o director do Gepe terá cometido também crimes de manipulação dos órgãos de Justiça e prestação de falsas declarações, num caso que envolve a privatização de uma escola estatal, no bairro São José, no município do Cuito, transformada em colégio particular. 

Segundo a fonte, outros casos que envolvem responsáveis locais estão sob investigação e em tempo oportuno serão levados ao conhecimento da sociedade.
Recorde-se que o ex-director dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, Jacinto dos Santos José, está detido, desde Novembro do ano passado, acusado de vários crimes no exercício da sua função e aguarda julgamento na Comarca do Bié.
Ao ex-director pesa a acusação de má gestão de fundos, quando exercia o cargo, tendo o Serviço de Investigação Criminal (SIC) apurado a compra de quatro apartamentos na Nova Centralidade do Cuito, a pronto pagamento. Cada apartamento custa cerca de 11 milhões de kwanzas.
Da acusação, consta ainda o processamento de folhas de salários de pessoas não pertencentes ao sector dos Antigos Combatentes, tendo desfalcado o Estado, com essa prática, em mais de 16 milhões de kwanzas. Com ele estão detidos, arrolados no mesmo processo, Alcides Capangue, chefe de departamento dos Antigos Combatentes, e Silvestre Manuel, técnico de finanças do mesmo sector.
Antes de ocupar o cargo de director do Gabinete Provincial dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, Jacinto dos Santos José foi deputado à Assembleia Nacional, pelo círculo provincial, e director provincial da Juventude e Desportos.
Na província do Bié, o Tribunal da Comarca do Cuito já julgou e condenou, em processos diferentes, os ex-directores de Gabinete da Educação, do Gabinete Jurídico do Governo Provincial, e a ex-administradora do município do Chinguar.

Tempo

Multimédia