Sociedade

SIC detém cidadão gambiano por roubo de cobre

André da Costa

Um cidadão de 42 anos, de nacionalidade gambiana, foi detido ontem pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), no distrito urbano do Kima Kieza, município do Cazenga, em flagrante delito com uma tonelada de cobre, supostamente furtado dos cabos eléctricos da Empresa Nacional de Distribuição de Energia Eléctrica (ENDE).

Roubo de cabos eléctricos envolve muitos estrangeiros
Fotografia: Paulo Mulaza | Edições Novembro

O  intendente da Polícia Nacional, Mateus Rodrigues, disse que o cobre tinha como finalidade a sua comercialização nas fábricas pertencentes a cidadãos indianos que, com a sua técnica, transformam depois o cobre em varão, material usado na construção civil.
Mateus Rodrigues afirmou que o SIC está também a  trabalhar para esclarecer a morte de um cidadão brasileiro, professor de profissão, que residia no projecto Nova Vida, em Luanda.
O intendente recusou fornecer mais detalhes em relação à morte do cidadão brasileiro, alegando que o SIC está no encalço do crime. O SIC deteve ainda, no dia 21 deste mês, dois jovens de 22 e 24 anos, suspeitos de assassinato a um cidadão de 40 anos, que em vida se chamou Tchilatchi Holepapue.
 Os supostos meliantes foram entregues ao Ministério Público. Neste momento, aguardam por julgamento numa das unidades penitenciárias de Luanda.
Foram realizadas várias operações que culminaram com a detenção de 72 cidadãos nacionais suspeitos de cometerem crimes como roubo e furto de viaturas, motorizadas, violações e homicídio voluntário.
O SIC apreendeu 16 armas de fogo, sendo 12 do tipo AKM, duas pistolas Makarov, uma Walter e uma mini use,  uma granada e uma faca.
Onze viaturas de várias marcas e modelos, seis televisores plasmas, quatro botijas de gás butano, quatro computadores portáteis, uma impressora, nove telemóveis, um fogão à gás e um par de farda das FAA também foram apreendidos. Dois automobilistas receberam as suas viaturas.

Tempo

Multimédia