Sociedade

Turismo tem contribuído para crescimento do país

Carla Bumba

A ministra do Turismo, Ângela Bragança, reconheceu, ontem, em Luanda, que os empreendimentos turísticos espalhados pelo país têm contribuído para o crescimento do sector que dirige.

Fotografia: Edições Novembro |

Num encontro com directores e investidores de empreendimentos turísticos, entre hotéis, aparthotéis, aldeamentos turísticos, restaurantes e agências de viagens e de promoção turística, a ministra Ângela Bragança encorajou os empresários do ramo, sobretudo os mais jovens, a não desistirem da actividade, apesar das dificuldades com que se debatem no dia-a-dia.
A titular da pasta do Turismo prometeu tudo fazer para resolver os problemas sobre os quais tomou nota na reunião para que sejam encontradas soluções para o melhoramento dos serviços dos operadores turísticos no país.
“Estamos aqui, hoje, para partilhar ideias neste início de Ano Novo, que vai ser de muitos desafios e sacrifícios”, declarou a ministra do Turismo, que disse ser 2019 um ano que “vai exigir muito esforço”, para o turismo no país continuar a crescer.
Sérgio Freire, um agente de viagens, lamentou os preços praticados actualmente para os voos domésticos, regionais e internacionais. João Francisco, agente hoteleiro da província do Cuanza-Sul, disse ser urgente a correcção de alguns problemas no país, a fim de atrair mais turistas.
João Francisco adiantou que o turismo é uma das vias para a diversificação da economia e declarou “positivo” o encontro mantido com a ministra, por ter permitido apresentar, de forma directa, os problemas da classe a que pertence. A reunião da ministra com gestores e investidores de empreendimentos turísticos aconteceu um dia depois de Ângela Bragança ter visitado, na Ilha de Luanda, a floresta e dez restaurantes.

Tempo

Multimédia