Sociedade

UJES tem novos cursos

Justino Victorino| Huambo

A Faculdade de Ciências Agrárias (FCA), da Universidade José Eduardo dos Santos, no Huambo, vai passar a administrar, a partir deste ano académico, novos cursos de bacharelato em ensino de Produção Agro-pecuária, Gestão-agrária e Indústria agro alimentar, com vista a dar resposta à estratégia do Executivo, que pretende potenciar esta área do saber.

A decana da FCA Imaculada Matias, explicou que os cursos, com a duração de três dias, terão uma forte componente prática e tecnológica, alinhada à agregação pedagógica, referindo que se trata de uma acção conjunta com o Instituto Superior de Ciências de Educação (ISCED) do Huambo.
“O objectivo principal é formar os professores com capacidades técnicas e profissionais para administrarem disciplinas técnicas” disse, para quem o êxito do projecto dependerá da capacidade dos professores. Sublinhando ser necessário que os mesmos tivessem uma capacitação mais direccionada com cursos de produção Agro- pecuária, Gestão agrária e Indústria agro-alimentar. O agricultor Bonifácio Mu-kinda regozijou-se com ideia da introdução destes cursos, afirmando que, com isso, o país sai a ganhar, por ser este percurso certo para resgatar as tradicionais escolas do campo técnicas agrárias. “Só assim será possível potenciar e recolocar agricultura no verdadeiro lugar da economia nacional”, disse, ao Jornal de Angola, o agricultor Bonifácio Mukinda. José Maria Catiavala, mestre em desenvolvimento rural, partilha da mesma posição do relançamento da produção na região do Planalto Central. Considerou ser fundamental a investigação científica para conferir maior produtividade nos sistemas agrícolas, quer a nível familiar, quer seja do sector empresarial. Para o docente, são conhecidas as potencialidades agrícolas que o país apresenta, mas não são suficientemente aproveitadas devido às limitações científicas e tecnológicas que precisam ser superadas.

Tempo

Multimédia