Sociedade

Unidade recebe equipamentos para assistência perinatal

Equipamentos médicos diversos, avaliados em 280 mil euros, foram entregues, ontem, pela Fundação Calouste Gulbenkian à Maternidade Lucrécia Paim, em Luanda, no âmbito do projecto “Apoio aos Cuidados Perinatais” daquela unidade sanitária angolana.

Embaixador de Portugal entregou os equipamentos
Fotografia: Edições Novembro


Dos equipamentos entregues, pelo embaixador de Portugal em Angola, Pedro Pessoa e Costa, constam tubos de anestesia, cânulas nasais para oxigénios neonatais e pediátricos, cateteres umbilicais, sondas de alimentação, prolongamento para seringas e circuitos para ventilador.

A doação efectuada, ontem, faz parte de um protocolo rubricado entre a Maternidade Lucrécia Paim, a Sociedade Portuguesa de Neonatologia e a Fundação Calouste Gulbenkian, com uma duração prevista de dois anos, para apoio à unidade de neonatologia daquela unidade sanitária.
O projecto “Apoio aos cuidados perinatais”, que é implementado, desde Dezembro de 2018, tem como principal objectivo contribuir para a redução da taxa de mortalidade neonatal na Maternidade Lucrécia Paim, a maior unidade do género no país.

Com o financiamento da Sociedade Portuguesa de Neonatologia e Fundação Calouste Gulbenkian, técnicos da área neonatal e obstetrícia da Maternidade Lucrécia Paim poderão deslocar-se a Portugal para a realização de estágios profissionais.
Os profissionais da Maternidade Lucrécia Paim, podem, também, no âmbito do financiamento, beneficiar de assistência técnica à distância, enquanto a própria unidade sanitária tem direito a adquirir equipamento clínico especializado.

Tempo

Multimédia