Sociedade

Universidade Mandume e PNUD selam acordo

Domingos Mucuta | Lubango

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e a Universidade Mandume Ya Ndemofayo assinaram, no Lubango, província da Huíla, um Memorando de Entendimento para o reforço de cooperação bilateral nos domínios académico, investigação científica e desenvolvimento.

Fotografia: DR

O Memorando de Entendimento, com  prazo inicial de dois anos, prorrogável por igual período subsequente, foi assinado pelo director do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento em Angola, Henrik Fredbord Larsen, e pelo reitor da Universidade Mandume ya Ndemofayo, Orlando da Mata.
Proporcionar um quadro de cooperação, facilitar e reforçar a colaboração entre as partes no trabalho académico e científico no contexto dos benefícios de desenvolvimento sustentável são os objectivos do memorando.
O acordo estabelece um quadro global que integre as diferentes acções estratégicas de ambas as partes, no contexto da parceria mais ampla do PNUD com as universidades nacionais.
As partes concordam em cooperar nas áreas de geração de produtos de conhecimento, através de investigação conjunta, em questões relevantes sobre desenvolvimento económico e humano em Angola, no âmbito dos objectivos de desenvolvimento sustentável, com intendência na análise de opções políticas relacionadas com as áreas de pobreza, governação, resiliência e género.
Organização de seminários, apresentações, acções de formação e diálogo prioritário sobre a Agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável, envolvimento de investigações universitárias, professores, estudantes, funcionários do governo, sociedade civil, sector privado e cooperação internacional, entre outros, também estão previstos no acordo.
O Memorando de Entendimento reforça as capacidades e competências profissionais através de oportunidade de pós-graduação e de estágios profissionais não remunerados no PNUD para os estudantes da Universidade Mandume ya Ndemofayo.
Prevê-se também a partilha, sem encargos financeiros, de informações, publicações e base de dados oficiais públicos em áreas relevantes para a missão e actividade das partes, assegurar a disponibilidade, sem encargos financeiros, de salas para acolher reuniões oficiais, seminários e outros eventos importantes.

Tempo

Multimédia