Sociedade

Vida e obra do Reverendo debatida no Memorial

Francisco Pedro |

As aldeias e cidades, onde nasceram diversas personalidades eclesiásticas e políticas, devem merecer mais atenção por parte do Executivo e da sociedade, por serem referências obrigatórias para a investigação histórica, cultural e política, sugeriu o historiador Gabriel Vinte Cinco.

Historiador Gabriel Vinte e Cinco animou a palestra
Fotografia: Edições Novembro

Durante uma palestra, sob o tema "Vida e obra do reverendo Gaspar de Almeida", realizada no Memorial Dr. António Agostinho Neto, em Luanda, o historiador fez uma analogia da cidade de Belém, relatada na Bíblia, com as aldeias onde nasceram Gaspar Adão de Almeida (Calomboloca), Agostinho Neto (Kaxicane), Nelson Mandela (Mvezo), Emílio de Carvalho (Quíongua), Samora Machel (Chilembene), entre outros nacionalistas, estadistas e pastores africanos.
Em África, segundo o historiador, "existem, também, muitas Beléns, onde nasceram  grandes figuras políticas e eclesiásticas", zonas que devem ser resgatadas por possuírem valores inatos, "embora algumas pessoas neguem ou sentem vergonha de relatar o seu quimbo".
Sobre a vida e obra do reverendo Gaspar de Almeida, Gabriel Vinte Cinco considerou como um ícone, figura extraordinária e histórica que deixou marcas no campo religioso e político em África.
Informou que Gaspar de Almeida pertenceu à terceira geração de pastores angolanos, ainda na época colonial. Destacou-se como professor do ensino primário, e realizou várias expedições missionárias pelo país e pela região da África Central.
A palestra, moderada pelo reverendo Ambrósio Peliganga, teve animação do coro da Igreja Metodista Unida de Bethel, e a participação de metodistas, historiadores e familiares, com destaque para os filhos Generoso de Almeida e Paulo de Almeida.
Natural de Calomboloca, região de Icolo e Bengo, Gaspar de Almeida contribuiu, activamente, para diversas mutações sociais e políticas, ocorridas na época colonial, para o nascimento de Angola independente.

Tempo

Multimédia