Sociedade

Zona de Massangano carente de serviços

A reitoria do Santuário de Nossa Senhora das Vitórias, na comuna de Massangano, município de Cambambe, província do Cuanza-Norte, preconiza a construção de mais infra-estruturas e a criação de serviços à altura de acomodar os peregrinos.

Milhares de peregrinos foram à comuna de Massangano
Fotografia: Mavitidi Mulaza | Edições Novembro

A preocupação foi manifestada no domingo pelo porta-voz da ordem dos frades capuchinhos, congregação da Igreja Católica que tutela o  templo, frei Agnelo Kiame, quando procedia ao balanço da oitava edição da peregrinação ao Santuário de Nossa Senhora das Vitórias, que decorreu entre 8 a 10 deste mês. O religioso disse que a construção de mais infra-estruturas contribui também para o desenvolvimento da região e acrescentou que devido à exiguidade de espaços, os peregrinos acomodam-se de forma dispersa ao redor da vila, o que dificulta a sua assistência e controlo.
Após a reabilitação do templo, os peregrinos começaram a afluir ao local a partir de 2009, mas foi em 2011 que Massangano recebeu uma moldura humana nunca antes vista e, de lá para cá, o número tem vindo a crescer em cada ano, dai a necessidade de melhorar as condições de acomodação.
Frei Agnelo Kiame preconiza a construção de naves junto ao santuário para minimizar as dificuldades e admitiu a possibilidade de uma acção concertada entre a Igreja e o Governo. Frisou que os grandes santuários do mundo surgiram de forma isolada e foram alcançando dimensões internacionais.

Tempo

Multimédia